O que é Gtin/ EAN?

#Standout Explica

Com o aumento das vendas online, ouvimos muito falar sobre Gtin/ EAN, mas afinal o que é isso, você sabe? Hoje no Standout Explica iremos esclarecer suas dúvidas.

O GTIN, sigla de “Global Trade Item Number” é um identificador para itens comerciais desenvolvido e controlado pela GS1, antiga EAN/UCC. Os GTINs, anteriormente chamados de códigos EAN, são atribuídos para qualquer item (produto ou serviço) que pode ser precificado, pedido ou faturado em qualquer ponto da cadeia de suprimentos.

Em Resumo GTINs são os números de um código de barras usados ​​pelo fabricante da marca para identificar de maneira exclusiva um produto dentro do mercado global. Eles são necessários para: todos os produtos que possuem uma marca, para produtos feitos sob medida, ou para produtos artesanais, desde que sejam comercializados em grandes varejistas e vendidos em larga escala.

O GTIN é utilizado para recuperar informação pré-definida e abrange desde as matérias primas até produtos acabados, seu termo significado de “guarda-chuva” para descrever toda a família de identificação das estruturas de dados GS1 para itens comerciais (produtos e serviços). O GTIN deve ser utilizado apenas para aquele produto, desta forma, será possível avaliar preços do mesmo produto, do mesmo fabricante, com tamanho e cor em diferentes varejistas.

Ele é composto de 13 dígitos e identifica o seu produto cadastrado, é específico para seu produto, pode ser cadastrado conforme necessário. O código pode receber 8, 12, 13 ou 14 dígitos. Sendo eles: GTIN-8: é codificado no código de barras EAN-8, GTIN-12: utilizado no código de barras UPC-A, GTIN-12: codificado no EAN-13 e GTIN-14: codificado no ITF-14.

Para obter o seu código de produto é necessário se associar à GS1 Brasil, efetuando o cadastro da empresa e dos produtos. Esse cadastro não é gratuito, os valores vigentes podem ser obtidos na tabela de valores da GS1. Mais informações sobre o processo de cadastro de produtos podem ser encontradas no FAQ da GS1.

A importância do GTIN no Google

A missão do Google é organizar as informações do mundo, e organizar as informações dos produtos para compradores e varejistas é uma parte essencial dessa missão. Para provar o seu domínio nessa área, o Google quer encontrar formas fáceis de vender cliques com maior qualidade e rapidez. Desta forma, ele oferece conteúdos cada vez mais relevante para seus usuários sempre que eles pesquisam por algo.

Para o Google Shopping, exigir que os anunciantes apresentem dados padronizados e estruturados – como GTINS – em feeds de produtos, permitem que o Google melhore os seus robôs de busca para a consulta de pesquisa de um usuário, ajudando-os a encontrar seu conteúdo e produtos na pesquisa, recomendamos que os sites identifiquem claramente os produtos mencionados.

Portanto, você melhorar a compreensão do Google sobre seus produtos usando identificadores exclusivos de produto, como o número global de item comercial (GTIN), números de peça do fabricante (MPNs) e nomes de marcas.

Como a Standout utiliza do GTIN/ EAN?

A Standout tem a tecnologia aplicada nas suas vitrines levando ao seu consumidor informação fidedigna sobre o produto correspondente.

O Google reconhece que para ajudar os usuários a encontrar o produto na pesquisa, recomenda-se que tenha essa informação bem clara, com isso a Standout tem uma enorme atenção em ter esse conteúdo nas suas vitrines.

Além desta prática, usamos diversas técnicas inclusive o GS1 Smart Search (fomos a primeira empresa no Brasil a implementar),  para que o nosso parceiro, nas páginas que contêm a nossa vitrine, sejam melhor entendidos (maior confiabilidade) pelo Google. Gerando um melhor rankeamento e consequentemente maior fluxo de consumidores para as páginas com vitrine.

Quer saber sobre e isso muito mais? Entre em contato com a gente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *